Acreditas em todas as palavras da Bíblia? - Kris Vallotton

Abril 13, 2016

Provérbios e Eclesiastes

Já alguma vez disseste “Eu acredito em todas as palavras da Bíblia?” Okay, então é melhor meteres o cinto de segurança para isto! Sabias que o livro de Eclesiastes não foi escrito para ser verdade, mas para demonstrar o que acontece quando Salomão, o homem mais sábio da terra, perde o relacionamento com o seu Deus? Pois é! O livro de Provérbios foi a maior contribuição de Salomão para a humanidade. Foi escrito para nos revelar a sabedoria de um homem quando este tem um relacionamento correcto com Deus. Mas Eclesiastes demonstra os pensamentos do homem mais sábio do mundo, depois de ter perdido o seu relacionamento com Deus.

Vamos ver alguns versículos em Eclesiastes e verificar se tu consegues perceber a falta de um valor fundamental na maneira envelhecida de pensar deste Rei. Aqui estão alguns versículos para ponderar. Deixa-me dar-te uma pista; a palavra “vaidade” no Hebraico é “hebel”. E significa vazio, fraude, engano, futilidade ou inútil.

O Rei insensato disse, “Como acontece ao estulto, assim me sucederá a mim; por que então busquei eu a sabedoria.” Mas em Provérbios, Salomão escreveu “sabedoria é melhor do que o ouro” e “nós devemos fazer de tudo para adquirir sabedoria” (Provérbios 16:16 & 23:23).

Eu percebi que a sabedoria supera a insensatez como a luz supera a escuridão. Os olhos do homem sábio estão na sua cabeça, mas o insensato anda na escuridão, contudo eu percebi que a mesma coisa lhes sucede a ambos. Pelo que eu disse no meu coração “Como acontece ao estulto, assim me sucederá a mim; por que então busquei eu a sabedoria?” Então respondi a mim mesmo que também isso era vaidade.” (Eclesiastes 2:13-15).

Repara nos versos abaixo que, Salomão pensa que é “vaidade” deixar uma herança aos seus filhos. No entanto, no livro de Provérbios ele escreveu “O homem de bem deixa uma herança aos filhos de seus filhos…” (Provérbios 13:22).

“Porque há homem cujo trabalho é feito com sabedoria, e ciência, e destreza; contudo, a um homem que não trabalhou nele o deixará, como porção sua; também isto é vaidade e um enfado. Pois, que mais tem o homem de todo o seu trabalho, e da fadiga do seu coração, em que ele anda trabalhando debaixo do sol? Porque todos os seus dias são dores, e a usa ocupação é desgosto; até de noite não descansa o seu coração: também isto é vaidade.” (Eclesiastes 2:21-23).

O próximo vai abanar a tua gaiola. Este versículo poderia ser um dos pontos fundamentais do evolucionismo, excepto o facto de não ser verdade! Nós fomos feito à imagem e semelhança de Deus, e, ao contrário, dos animais, Deus soprou o Seu Espírito dentro de nós. (Génesis 1:26 & 2:7).

“Porque o que sucede aos filhos dos homens, isso mesmo, também sucede aos animais; a mesma coisa lhes sucede: como morre um, assim morre o outro, todos têm fôlego; e a vantagem dos homens sobre os animais não é nenhuma, porque todos são vaidade. (Eclesiastes 3:19).

Vaidade, Vaidade

Provavelmente, tu já percebeste, mas a premissa comum nos versículos acima e o tema principal do livro de Eclesiastes é que tudo é “vaidade.” Apesar de Salomão ter mantido o dom da sabedoria durante a sua vida, o fracasso da sua relação com Deus e a busca por falsos deuses afligiram a sua alma. Os seus dias, que antes eram cheios de vida por causa da sua relação com Deus, tornaram-se insignificantes. A depressão tomou conta da sabedoria de Salomão e as suas palavras tornaram-se uma mistura de certo e errado.

Então, num só suspiro, o Rei Salomão escrevia verdades profundas, como…

“Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho. Porque, se um cair, o outro levanta o seu companheiro; mas ai do que estiver só; pois, ainda não haverá outro que o levante. Também, se dois dormirem juntos, eles se aquentarão; mas um só, como se aquentará? E, se alguém quiser prevalecer contra um, os dois resistirão; e o cordão de três sobras não se quebra tão depressa.” (Eclesiastes 4:9-12).

E no próximo fôlego, o velho Rei escrevia algo tão pateta como… Não sejas demasiadamente justo, nem demasiadamente ímpio… quem teme a Deus escapa a tudo isto! Mas do que é que o Salomão está para aqui a falar? Vejam aqui:

Não sejas demasiadamente justo, nem demasiadamente sábio: por que te destruirias a ti mesmo? Não sejas demasiadamente ímpio, nem sejas louco: por que morrerias fora do teu tempo? Bom é que retenhas isto, e também, disto não retires a tua mão; porque, quem teme a Deus escapa de tudo isto.” (Eclesiastes 7:16-18).

O dinheiro é a solução para tudo?

Vê só esta! O dinheiro é a solução para tudo. A sério?

“Para rir, se fazem convites, e o vinho alegra a vida, e por tudo, o dinheiro responde.” (Eclesiastes 10:19).

O que é que aconteceu às palavras sábias que o Rei proclamou, no tempo em que andava com Deus?

“Não te canses para enriqueceres; dá de mão à tua própria sabedoria. Porventura fitarás os teus olhos naquilo que não é nada? Porque certamente isso se fará asas e voará ao céu como a águia.” (Provérbios 23:4).

O Coração de Deus

Okay, Kris, como é que tu sabes que estes não são apenas versículos que se contrastam? Boa pergunta! Estou feliz por teres perguntado. Versículos que se contrastam devem ser ambos verdadeiros (no mínimo) em algum contexto ou situação específica. Mas, muito do que o Salomão escreveu (não tudo) no livro de Eclesiastes nunca é verdade, independentemente das circunstâncias ou contexto! A vida com Deus nunca é vaidade. Nunca é correcto ser um bocadinho ímpio. Dinheiro nunca é a solução para todas as coisas. O futuro dos animais e o futuro das pessoas nunca é o mesmo. Percebeste o que eu quero dizer? Ler a Bíblia sem saber o coração de Deus e sem ser guiado pelo Espírito Santo pode levar-nos ao engano, escravidão e até morte.

Para leres mais sobre este assunto, confere o meu livro Fashioned to Reign.

Se gostarias de subscrever a minha newsletter, inscreve-te aqui: https://krisvallotton.com/

Concordas? Diz-me nos comentários abaixo.

Topics: InspiraçãoSem categoria


¡

comments