Acabar Com A Comparação Na Igreja - Kris Vallotton

Maio 22, 2017

Já alguma vez te sentaste num Domingo na igreja e pensaste, “Se eu somente pudesse ser como aquele líder de louvor, com a paixão que ele ou ela tem e a sua linda voz…. Se eu somente…” É muito fácil pensar que estas pessoas têm tudo perfeito. Eu sei que todos nós já passámos por esta fase—sermos apanhados no meio deste jogo de comparação. Quer nos apercebamos ou não, sempre que colocamos pessoas em pedestais, estamos a agir debaixo de um espírito de comparação. E quando alimentamos isso, estamos a cooperar com uma “fita métrica” invisível que nos diz que um é maior do que o outro e na maioria das vezes, nós somos menos do que os outros. Não tem mal nenhum olhar para os lideres de louvor e os pastores que servem no púlpito ao Domingo, mas eu quero desafiar a mentalidade de que servir a Deus publicamente é a parte mais gloriosa do corpo de Cristo. A verdade é que ser o mais glorioso é ser quem Deus te criou para seres, de uma forma, autêntica. O que eu quero que tu entendes hoje é que não há ninguém como tu. Tu foste criado para seres tu e mais ninguém.

Eu acho que quando começamos a apreciar o corpo completo e multifacetado de Cristo, nós acabamos com as comparações! Há glória suficiente à nossa volta para cada um de nós, e quando todos nós nos movemos no propósito para o qual fomos criados, juntos somos os mais gloriosos. Paulo ensinou-nos que o Corpo de Cristo é composto por muitos membros que têm funções diferentes. Estes versos são ricos em verdade!

Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, são um  corpo, assim é Cristo também. Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Espírito. Porque, também, o corpo não é um  membro, mas muitos. Se o pé disser: Porque não sou mão, não sou do corpo; não será, por isso, do corpo? E se a orelha disser: Porque não sou olho, não sou do corpo; não será, por isso, do corpo? Se todo o corpo fosse olho, onde estaria o ouvido? Se todo fosse ouvido, onde estaria o olfato? Mas, agora, Deus colocou os membros no corpo, cada um deles como quis. E se todos fossem um  membro, onde estaria o corpo? Agora, pois, há muitos membros, mas um corpo. E o olho não pode dizer à mão: Não tenho necessidade de ti; nem ainda a cabeça aos pés: Não tenho necessidade de vós.” (1 Coríntios 12:12-21).

Agora, volta ao início e relê os versículos uma segunda vez. E deixa que eles se apeguem ao teu espírito.

Portanto, embora podermos e devermos respeitar a liderança da nossa igreja, nós precisamos de entender realmente qual é o nosso papel individual no corpo de Cristo. E como é que descobres, qual o teu papel? Eu ouvi dizer que, nós tornamo-nos um reflexo da nossa percepção dos pensamentos das outras pessoas sobre nós. John Maxwell disse, “A maioria de nós torna-se aquilo que a pessoa mais importante na nossa vida pensa que devemos ser.” Este princípio beneficia-nos bastante quando a pessoa mais importante na nossa vida é Deus e é dele que recebemos a perspetiva para as nossas vidas. Se nós nos tornarmos naquilo que achamos que Deus pensa sobre nós e, se a nossa percepção dos pensamentos de Deus em relação a nós for correta, então seremos transformados à imagem e semelhança de Deus!

Quem É Que Tu Pensas Que Jesus É?

A história no evangelho de Mateus é um enorme exemplo disto. No capítulo 16, Jesus pergunta aos Seus discípulos, “Quem dizeis que eu sou?” Outra forma de perguntar é, “Quem sou eu para vocês?” Eu creio que esta pergunta era mais para o bem de Pedro do que para o bem de Jesus. Ele queria revelar algo a Pedro. que a natureza de quem Jesus é para ele tornar-se-ia a base para o seu destino divino. Nem sempre vemos Deus em toda a Sua plenitude, mas costumamos ver partes específicas do Seu carácter—tu vês o Senhor como um pastor gentil? Ou talvez como um pescador de homens? Presta atenção a isto. Quando tu descreves Deus a alguém, muitas das vezes, tu estás a descrever um aspecto do carácter de Deus que Ele quer expressar através de ti!

Então, eu vou fazer-te uma pergunta, quem é que tu dizes que Deus é? Identificas-te com o Seu coração pelos perdidos ou tens um desejo de ensinar as Suas ovelhas a ouvir a Sua voz? Assim que responderes a esta pergunta, quero-te encorajar a pensar e a orar sobre o que é que isto significa para ti e para o teu lugar no corpo de Cristo. À medida que entendes o quão incrível e necessário tu és para o corpo de Cristo, eu quero que tu escrevas a revelação e processes com Deus aquilo que Ele te vai falando. Isto servirá como um farol de verdade sempre que começares a entrar em comparações. Eu gostaria de ouvir sobre o teu processo nos comentários abaixo! Quem dizes tu que Deus é?

Topics: IdentidadeSem categoria


¡

comments